Existem muitos seguros de saúde no mercado. Apesar de todos tentarem mostrar que são apelativos e que oferecem as melhores condições, na realidade há sempre uns melhores que outros. Neste artigo iremos ajudá-la a avaliar os seguros de saúde existentes de maneira a escolher o melhor para si.

Cada seguro, apesar da publicidade, oferece condições diferentes. No entanto, há diferenças entre coberturas, franquias, prémios e exclusões ou restrições que fazem de um seguro de saúde melhor que outro.

Na escolha de um seguro de saúde você deve olhar sempre para duas vertentes: saúde e dinheiro. Por isso a sua escolha deve ter em atenção que o seguro deve proteger o máximo de situações possíveis de saúde, mas com custos que se adequem a si.

Principais Dicas a Ter em Conta ao Escolher o Seguro de Saúde

– Tenha em conta as necessidades básicas de saúde. Claro que a saúde é algo imprevisível, mas, de uma forma geral, você sabe quais são as suas necessidades habituais. Um seguro de saúde pode variar entre uma cobertura básica, média ou até muito completa. E cada uma terá um custo proporcional. Dessa forma, escolha aquela mais adequada ao que é habitual na sua vida. A melhor maneira de fazer esta análise é falando com o seu médico de família. Ele conhece bem o seu historial médico e poderá dar-lhe bons conselhos na escolha da sua cobertura. E lembre-se, a cobertura que escolher pode ser atualizada ao fim de algum tempo. Se entretanto você achar que quer ter uma cobertura mais completa, poderá fazê-lo, não ficando ligado para sempre a uma cobertura básica, por exemplo.

– Local onde vive. Por vezes, o local onde vivemos é também uma variante na escolha de um Seguro de Saúde. Tal como nos seguros dos carros, onde os distritos com menos acidentes têm seguros mais baixos, também nos Seguros de Saúde algo semelhante poderá ocorrer. Quando analisar os Seguros de Saúde existentes, informe-se sobre esta condição. Além disso, tem ainda que ter atenção aos serviços e parcerias que esse Seguro tem com médicos, clínicas e laboratórios da sua zona. Por vezes o melhor Seguro, não tem a melhor rede de serviços na sua região. Tenha isso em conta quando escolher o seu Seguro de Saúde.

– Leia sempre os contratos com cuidado e rigor. Existem muitas cláusulas e custos escondidos que nunca são falados e abordados pelo vendedor. As franquias são um exemplo de como apenas no momento em que necessita de usar um seguro é que o segurado sabe que existe. Mas apenas sabe nesse momento porque não leu as condições do contrato minuciosamente.

– Atenção às condições financeiras. Depois de conhecer as condições financeiras de cada seguro, compare aquelas que estão dentro dos parâmetros que você definiu para si. Dessa maneira, você conseguirá mais facilmente avaliar e ter consciência de todas as características e condições de cada Seguro. Além disso, mais facilmente poderá negociar com o vendedor de seguros, já que terá conhecimento para argumentar com as condições de empresas concorrentes.

– Tenha atenção ao seu historial clínico. Outra forma de negociar um preço mais acessível, é usar o seu historial clínico. Claro que isto apenas funciona se esse historial for representativo de boa saúde. As empresas seguradoras jogam com as probabilidades. Quanto menor for a probabilidade de o segurado ficar doente, menor é o risco de terem de pagar alguma coisa. Além disso, mesmo que tenha de pagar um valor inicial, se não ficar satisfeito com o serviço oferecido, poderá pedir esse dinheiro de volta.

– Informe-se. Por fim, se você não se sentir à vontade com os pormenores dos contratos, como as condições e cláusulas, peça ajuda a um especialista de confiança. Ele irá explicar-lhe tudo e com a sua ajuda, poderá então fazer as escolhas mais adequadas para si.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMáscara Facial Caseira De Café E Cacau
Próximo artigoReceita: Cenouras Cozidas a Vapor

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here